Sintomas de gravidez: saiba se você está grávida!


COMPARTILHE AGORA MESMO
Avalie este post

Na gravidez o corpo da mulher passa por diversas mudanças, onde o organismo responde essas mudanças através de sintomas de gravidez que aparecem na maioria das mulheres, se apresentando desde o começo até o fim da gravidez, mudando algumas características e intensidade, mas sendo sempre os mesmos, em geral. Vamos agora conhecer os principais sintomas iniciais de gravidez, que se apresentam alguns poucos dias após o óvulo se instalar na parede do útero, e seguir conhecendo mais sobre eles, que vão aparecendo com mais intensidade à medida que gravidez avança.

  • Menstruação atrasada
  • Gases e cólicas frequentes, mas pouco intensas
  • Aversão a cheiros fortes
  • Aumento ou diminuição da libido
  • Salivação em excesso
  • Ronco
  • Inchaço da vulva
  • Desejos estranhos
  • Aréolas escurecidas
  • Pequeno sangramento
  • Urinar com frequência
  • Aumento abdominal
  • Enjôos
  • Mamas maiores e sensíveis
  • Prisão de ventre e aumento dos gases
  • Instabilidade emocional
  • Aumento da transpiração
  • Coceira
  • Flatulência

Mamas sensíveis e maiores

sintomas de gravidez

Esse sintoma se apresente desde o início da gravidez, mas vai se intensificando à medida que ela avança. Esse sintoma ocorre na quarta até a sexta semana de gravidez, ocorrendo devido o desenvolvimento das glândulas mamárias e da região em si, que está se preparando para a produção do leite materno quando o bebê estiver perto de nascer. A vascularização na região é intensificada e pode ser facilmente notada visivelmente, pela acentuação das veias na região. Essa sensibilidade muda de uma mulher par outra, podendo sentir apenas incômodos simples ou até mesmo dores fortes em movimentos simples e encosto do braço.

Atraso menstrual

Esse sintoma é um dos principais para identificar a gravidez, sendo considerado como uma espécie de sintoma referencial, a partir dele é possível ter motivos suficientes para realizar o exame preciso de gravidez e saber se há a espera pelo bebê de fato, se não é recomendado o tratamento mais rápido possível com uma ginecologista a fim de tratar a situação, pois pode prejudicar, e muito, o processo de gravidez futuro. O atraso menstrual ocorre na gravidez devido o sangue que antes era eliminado na menstruação, agora estar sendo usado para seus processos normais. Nas mulheres não grávidas a parede do útero onde o embrião iria se acomodar é eliminada, quando não desce, é porque não foi eliminada.

Enjôos

O enjôo é um dos sintomas que aparecem com mais intensidade, sendo comum em todas as mulheres grávidas. Ele costuma se apresentar logo no primeiro trimestre de gravidez e faz com que a mulher se sinta pouco disposta e tenha enjôos frequentes, mas essa intensidade do problema varia de uma mulher para outra.

Aréolas mais escurecidas

As aréolas dos seios ficam bem mais escurecidas e isso é um sintoma bem visível, devido o aumento da vascularização da região, fazendo com que a área se torne bastante sensível ao toque. Esse sintoma de gravidez costuma se manifestar logo na segunda semana de gravidez. Outro sintoma nas mamas seria uma espécie de protuberâncias nas aréolas, que são comuns de surgirem, pois representam a ação das glândulas sebáceas na área, ajudando na maior hidratação.

Sangramento pequeno

Outro sintoma que costuma ocorrer com frequência e vem se apresentando logo nas primeiras semanas é o sangramento pequeno e bem característico, podendo se manifestar até 12 dias após o processo de fecundação ter sido feito com sucesso. Por isso, algumas mamães de primeira viagem afirmam ter menstruado no início da gravidez, quando na verdade era apenas o pequeno sangramento, um dos sintomas de gravidez.

Aumento da frequência urinária

A mulher sente muito mais vontade de urinar, principalmente a partir do segundo mês de gestação. Isso acontece porque à medida que o útero vai crescendo para comportar o bebê que está sendo gerado, ele começa a comprimir a bexiga, que vai sendo comprimida ainda mais e não consegue comportar a mesma quantidade de liquido de antes. Como resposta o corpo confere a sensação de “vontade de urinar” com mais frequência.

Prisão de ventre

O intestino se torna afetado pela gravidez devido à mudança hormonal que ocorre dentro do corpo da mulher. Um dos pontos–chave seria a ação da progesterona, que reduz o trânsito intestinal e faz com que o bolo alimentar muito mais do que o normal para fazer todo o seu percurso até ser sintetizados em substâncias e por fim poder ser excretado. Esse sintoma faz com que ocorra um inchaço abdominal, aparecendo logo no primeiro trimestre.

Aumento abdominal

A barriga da mamãe só ficará bem visível quando a gravidez já estiver bem avançada, mas pode ser notado um certo inchaço abdominal na região logo no início, por volta da quinta semana de gestação, que é um dos sintomas de gravidez mais recorrente. Esse sintoma é uma ação do intestino e ainda do inchaço do útero, que segue crescendo para acomodar bem o bebê que está crescendo.

Facilidade de mudança de humor

As gestantes costumam ser bem sensíveis e mudarem de humor constantemente, isso não pode ser visto como um problema, pois é um dos sintomas iniciais e gravidez. Na gravidez a mulher passa por várias mudanças e os hormônios modificam a sua quantidade e ação dentro do corpo de forma bem radical, o que coloca a mulher em um estado parecido com a TPM. Outro ponto a ser discutido seria a hipótese do acúmulo de líquidos na região da cabeça, o que pressiona o cérebro e facilita a mudança de humor.

Maior salivação

Todas as excreções do corpo são aumentadas quando a mulher está grávida, dentre elas o suor, corrimentos, lágrimas e saliva. Esse é um dos sintomas de gravidez inicial, que se apresenta com intensidades diferentes de uma mulher para outra, mas sempre é presente.

Mudança na libido

No primeiro trimestre de gravidez a mudança hormonal que ocorre no corpo faz com que a mulher sinta uma mudança bem acentuada na libido, algumas vezes sentindo aumento e em outros casos, diminuição. O aumento da líbido pode ser explicado pela mudança hormonal, e a diminuição da libido faz com que a mulher sinta menos disposição ao sexo e pode ser explicada pelos diversos sintomas que seu corpo sente, como enjôos, náuseas frequentes, inchaços, entre outros.

Sangramento na gengiva

A mulher pode ainda sangrar a gengiva, sendo um dos sintomas que se apresenta com mais intensidade em algumas mulheres que já tinham certa tendência ao desenvolvimento do problema. Na gravidez a gengiva apresenta um maior fluxo sanguíneo e se torna mais sensível, o que é ambiente propicio para sangramentos na região.

Inchaço da vulva

A vulva, que é localizada na região vaginal, passa a se tornar inchada. Isso ocorre porque a região onde ela se encontra passa a ter maior fluxo sanguíneo com a gestação, fazendo com que ela tenha essa aparência mais inchada.

Aumento da transpiração

Como já dito acima, quando a mulher está grávida ela tende a aumentar a quantidade de excreções, sendo uma delas o suor, o que afeta diretamente no aumento da transpiração. Esse sintoma pode ser apresentar logo no primeiro trimestre da gravidez.

Flatulência

As flatulências também são bem comuns, causadas pelo aumento da progesterona na região, fazendo com que haja mais contração nos músculos lisos que são responsáveis pelo trato digestório. Esse tipo de ação faz com que os gases fiquem retidos no intestino e provoquem as flatulências.

Coceira

O aumento da transpiração faz com que a mulher grávida esteja propensa ao desenvolvimento de dermatites e erupções a pele, sendo considerado um dos principais sintomas de gravidez. As mudanças na pele com a coceira só são o começo, e vão se intensificando com o tempo, sendo indicado estar sempre hidratando e protegendo a região durante esse período.

Sintomas de gravidez de gêmeos

A gravidez de gêmeos apresenta todos os sintomas de uma gravidez normal, mas traz eles de forma mais intensificada, sendo identificado ainda pelo aumento do hormônio beta HCG, que se apresenta em maior quantidade do que em uma gravidez de apenas um bebê. Mas, é necessário para comprovação da gravidez gemelar e demais detalhes sobre por meio da ultrassom devidamente realizada em consultório médico especializado. Os sintomas mais intensos serão os enjôos, retenção de líquidos, sensibilidade das mamas, cólicas e fadiga.

Faça o exame de gravidez!

Mesmo com a comprovação feita através do aparecimento de todos os sintomas, o essencial é não partir para a auto-análise da gravidez, e sim de forma comprovada pelos exames médicos específicos, como o laboratorial de gravidez, para então fazer o acompanhamento necessário desde o início da gravidez. Cuide da sua saúde e lembre-se que, estando grávida, deverá ter cuidados com ainda outra vida que se forma dentro de você, exigindo atenção dobrada e acompanhamento médico especializado.

Deixe uma resposta