Loratadina: para que serve, composição e como tomar?


COMPARTILHE AGORA MESMO
Avalie este post

O que é?

A loratadina é um medicamento com seus efeitos voltados para o combate de alergias no organismo.

Composição de loratadina

Cada mililitro do xarope de loratadina corresponde a 1 mg do medicamento.

Excipientes: propilenoglicol, sacarose, metilparabeno, propilparabeno, ácido cítrico, glicerol, essência de abacaxi e água purificada.

Para que serve loratadina

A loratadina tem seu uso indicado para o combate e controle de alergias, tais como a sinusite e seus sintomas, os quais incluem: coriza, coceira na região nasal, coceira nos olhos, espirros e ardores. O medicamento se mostra muito eficaz no alívio de sintomas da urticária e demais alergias na região cutânea.

Ação esperada de loratadina

A ação esperada com o uso do medicamento é o controle e alívio dos sintomas de alergias no geral. Os sintomas apresentados pela renite, por exemplo, podem ser facilmente e rapidamente controlados após a administração da dose necessária. Isso ocorre porque a loratadina pertence à classe dos anti-histamínicos, os quais ajudam a prevenir os efeitos da histamina, que causam os efeitos alérgicos no corpo.

Contraindicações e riscos de loratadina

O medicamento é contraindicado para qualquer paciente que tenha manifestado qualquer tipo de reação alérgica à loratadina ou qual algum de seus ingredientes.

Uso de loratadina durante a gravidez e amamentação

loratadina

Não existem evidências que mostrem potenciais riscos oferecidos a à gestante e ao feto com o uso da loratadina. Entretanto, para o uso do medicamento durante o período gestacional, um médico deverá ser consultado para avaliar os riscos potenciais em ingerir o medicamento.

Durante o período de amamentação o tratamento de alergias com o uso da loratadina devem ser interrompidos até que uma posição seja dada pelo seu médico. Isso deve ser levado em consideração uma vez que o anti-histamínico é excretado pelo leite materno e assim pode causar problemas na saúde do bebê, principalmente entre as crianças recém-nascidas e prematuras.

Dessa forma, o medicamento jamais deverá ser consumido sem a avaliação de um médico ou cirurgião-dentista.

Armazenamento, data de fabricação, prazo de validade easpecto físico de loratadina

O medicamento deve ser mantido em ambiente com temperatura entre 15 ºC e 30 ºC, sendo protegido de umidade e da luz. É importante ressaltar que o medicamento deve ser mantido fora do alcance de crianças para evitar qualquer problema na saúde dos mesmos.

As características físicas e organolépticas são: loratadina em forma dexarope límpido, incolor, isento de partículas e odor de abacaxi.

A data de validade do produto vide na embalagem, dessa forma, é fundamental manter o medicamento na embalagem original, visto que assim é possível que seja feito um controle acerca da validade do medicamento. Antes de consumir o medicamento é fundamental observar o aspecto físico do medicamento. Uma vez que o medicamento apresente aspecto não adequado mesmo dentro do prazo de validade, é preferível que você procure o farmacêutico para maiores informações.

Posologia, dosagem e instruções de uso de loratadina

Crianças com idade entre 2 e 12 anos:

nos casos de crianças com idade entre 2 e 12 anos de idade a dose recomendada é de 5 mL. A dose corresponde a 5 mg, o qual é indicado para indivíduos com peso inferior aos 30 kg. A dose é diária e não deve administrada novamente durante o período de 24 horas.

Adultos e crianças com idade superior a 12 anos:

para adultos e crianças com idade superior a 12 anos, a dosagem recomendada é de 10 mL. A dosagem é diária e não deve extrapolar essa dose e nem ser administrada novamente durante um período de pelo menos 24 horas.

As recomendações do consumo do medicamento estão na bula que acompanha o medicamento. É recomendado que a mesma seja seguida de forma rígida para garantir que nenhum problema seja apresentado após o consumo do medicamento. Caso você tenha alguma dúvida com a dosagem a ser consumida ou você administre o medicamento e os sintomas persistam, o recomendado é que você procure um médico para maiores informações.

O que fazer quando esquecer de tomar o medicamento?

Caso você esquece de tomar a dose diária recomendada pelo seu médico, você poderá tomar a mesma assim que lembrar que esqueceu de tomar a quantidade diária. Porém, caso você se lembre somente quando estiver próximo ao horário de tomar a próxima dose, tome somente uma. Sob hipótese alguma você deve tomar dose em dobro para compensar a dose esquecida, visto que isso pode trazer problemas à sua saúde.

Em casos de dúvidas, o mais recomendável é que você busque a ajuda de um profissional da saúde para melhores orientações de como prosseguir diante dessa situação.

Reações adversas de loratadina

O medicamento pode manifestar efeitos colaterais no organismo do paciente, porém esses casos representam uma grande minoria. Na grande maioria dos casos, o medicamento não apresenta qualquer tipo de efeito colateral após o seu consumo.

Entre os principais sintomas apresentados, é comum secura na boca e sonolência, entretanto os sintomas podem ir além e se manifestarem de outras formas, como: dor de cabeça, cansaço, irritação no estômago, nervosismo e erupções cutâneas.

Caso você manifeste algum efeito adverso, é preferível que você procure o seu médico para maiores informações. Você poderá também procurar um farmacêutico ou cirurgião-dentista para maiores informações sobre os sintomas apresentados pelo medicamento.

Superdosagem

A administração do medicamento não deve superar a quantidade recomendada pelo seu médico. Isso porque quando consumido de maneira exagerada o medicamento pode causar sonolência, dores de cabeça e aumento da frequência dos batimentos cardíacos.

Assim, se você tomar uma dose exagerada do medicamento, busque o mais rápido possível uma unidade de saúde. É indicado que você não busque ingerir mais nada além do medicamento para evitar interações medicamentosas no seu organismo.

Deixe uma resposta