Infecção urinária [Saiba mais sobre isso]


COMPARTILHE AGORA MESMO

A ITU ou Infecção Urinária acontece quando um órgão do sistema urinário está sofrendo com alguma infecção. Normalmente, ocorre na bexiga e uretra, porém pode, também, aparecer nos rins ou nos ureteres.

Causas para a infecção urinária

Ela acontece quando aparecem algumas bactérias que entram dentro do trato urinário pela uretra e começam a se desenvolver na bexiga do paciente. O sistema urinário do corpo humano possui a habilidade de se proteger dessas bactérias, mas podem acontecer falhas e elas aproveitam essa vulnerabilidade para se multiplicarem e causar um quadro infeccioso.

infecção urinária

Quais os tipos de infecção urinária?

A infecção urinária é classificada de acordo com o local em que aparece. Ela pode ser:

Uretrite

A uretrite é a infecção que acontece dentro do canal que leva a urina para fora do corpo, a uretra. O desenvolvimento da infecção na uretra é causada por bactérias que vivem em nosso trato gastrointestinal, mas, também, pode acontecer devido a DSTs como herpes, gonorreia e clamídia.

Cistite

A cistite é a infecção que aparece dentro da bexiga ou na região do trato urinário inferior, sendo que é causada pela bactéria Escherichia coli que vive no trato gastrointestinal.

Fazer sexo sem proteção, também, pode causar  a cistite. Mas todas as mulheres possuem risco de ter cistite, pois a distância curta da uretra ao ânus e  por causa da abertura uretral à bexiga.

Infecção nos ureteres

A infecção nos ureteres é a que aparece dentro dos canais que levam a urina dos rins para a bexiga.

Pielonefrite

A infecção pielonefrite ou infecção renal começa dentro da uretra ou da bexiga e segue até um ou os 2 rins. Quando os rins estão infectados, podem causar um grande dano permanente no funcionamento dos rins ou atacar todo o organismo através do sangue.

O que torna maior a probabilidade de ter uma infecção urinária?

Quem possui uma uretra menor (no caso as mulheres,) têm mais probabilidade de desenvolver uma infecção, devido a maior facilidade da bactéria chegar na bexiga.

Fazer sexo sem proteção, principalmente as mulheres.

Tomar anticoncepcionais e usar espermicidas.

As mulheres na menopausa possuem maior probabilidade de ter infecções, porque o nível de estrogênio se torna menor e deixa as defesas do trato urinário mais baixas.

Quem está com o sistema imunológico baixo facilita a entrada de bactérias que levam a infecções.

Quem está com pedra nos rins ou sofre com o aumento da próstata precisa ter cuidado, pois as probabilidades são bem grandes devido às obstruções no caminho da urina.

Outros fatores são histórico prévio e ter diabetes mellitus.

Mulheres

As mulheres possuem 50 vezes mais chance de ter infecções urinárias do que os homens. A probabilidade de uma mulher desenvolver uma infecção durante a gravidez é a mesma de quando não está esperando um bebê. Mas ,depois de já ter tido um caso de infecção no trato urinário, as chances de voltar durante uma gestação é maior. Durante a gravidez, a infecção renal a mais comum devido as mudanças hormonais.

Muitas vezes, uma pessoas pode não sentir nenhum sintoma, mas, ainda, sim apresentar a presença de bactérias no exame de urina. Isso é muito comum em mulheres em início de gravidez

Os sintomas mais recorrentes de infecção urinária em mulheres grávidas são: dor na região da bexiga com ou sem sensação de dor na hora de urinar, dificuldade de respirar, anemia e possível infecção generalizada

Principais sintomas

O principal sintoma é sentir dor ou ardência na hora de urinar, mas, também, pode haver vontade de urinar com maior frequência, aparecer sangue junto com urina de cheiro forte e cor escura, dor na área pélvica ou no reto, micção e incontinência.

Mas, vale ressaltar, que os sintomas vão variar de acordo com o órgão afetado.

Ao sentir esses sintoma, principalmente se estiver grávida, procure um urologista, ginecologista ou clínico geral.

Como saber se o paciente possui infecção urinária?

Para saber se uma pessoa está com infecção urinária, o médico prescreve exame de urina e talvez mais alguns exames laboratoriais adicionais, como ultrassonografia ou tomografia, etc.

O exame de urina é a principal forma para diagnosticar uma infecção urinária. Ele irá indicar a quantidade de leucócitos, se há sangue misturado com a urina, entre outras coisas.

A urina coletada pode ser usada para  descobrir qual é a bactéria causadora da infecção. Ao identificar a bactéria, o médico poderá prescrever o tipo de remédio mais eficiente para combatê-la.

Os exames de tomografia ou ultrassom ajudam a analisar se há algum tipo de anormalidade no sistema urinário. Eles, também, podem ser utilizados para mostrar qual é a área prejudicada.

Como tratar a infecção urinária?

O tratamento para infecção urinária é eficaz, desde que seguido corretamente. Os sintomas podem sumir em apenas alguns dias, mas o tempo de tratamento pode permanecer por mais tempo.

O tratamento irá de acordo com o tipo de infecção e o seu nível de gravidade. Em sua grande maioria, o tratamento com o uso de antibióticos. No caso das grávidas a atenção é maior, com a escolha de antibióticos e, se for preciso, até a internação.

Alguns dos medicamentos que são usados para o tratamento são: Amicacina, Amoxicilina + Clavulanato de Potássio, Cystex, Doxiciclina, Hincomox, Monuril, Nitrofen, Norfloxacino, Amozilina, Androfloxin,Ceftriaxona Sódica, Cetoprofeno, Ciprofloxacino, Cefanaxil, Cipro, Clocef, Clordox.

Também podem  ser prescritos analgésicos para aliviar a dor e a ardência ao urinar e a duração varia com a frequência com os quadros infecciosos.

Tratamento caseiro

Não é recomendado qualquer tipo de tratamento alternativo para a infecção urinária. Porém existem alimentos que ajudam no tratamento como a água, melancia e vários tipos de chá como o de manjericão e de aroeira.

Sempre fale com o médico primeiro antes de tomar qualquer medicamento ou usar um método caseiro. É o médico que pode indicar o medicamento e a dosagem para o seu caso e, é muito importante seguir as orientações.

Cuidados extras

Busque se manter hidratado, bebendo bastante água para diluir ao máximo a urina, evitar tomar bebidas como café, alcoólicas e que contenham cítricos ou cafeína

Podem haver complicações

Sem um tratamento adequado a infecção urinária pode levar a complicações. Algumas pessoas podem começar a sofrer com infecções recorrentes. Uma infecção urinária em estágio mais grave pode deixar os rins danificados de forma permanente.

As bactérias que causam a infecção podem ser levadas pelo sangue e causar um quadro de infecção generalizada, principalmente, naqueles que possuem maior vulnerabilidade como crianças, idosos e que estão com baixa imunidade devido a alguma outra doença. A mulheres grávidas correm o risco de terem bebês prematuros e com baixo peso.

É possível prevenir a infecção urinária?

É possível adotar alguns hábitos que irão ajudar a dificultar o aparecimento de infecções no trato urinário. É importante beber muito líquido, principalmente água. Mantenha a área genital limpa após urinar para que as bactérias não se acumulem e entrem no trato urinário.

Para as mulheres, o mais adequado é usar absorventes externos que devem ser troque cada vez que utilizar o banheiro. Para limpar a área íntima use somente o sabonete adequado sem cheiro, use calcinhas de algodão e nada de calça apertada.

Deixe uma resposta