Distúrbios da tireoide: sintomas, tratamentos e causas


COMPARTILHE AGORA MESMO
Avalie este post

O que são distúrbios da tireoide?

Os distúrbios da tireoide consistem em condições que afetam o funcionamento da tireoide, uma glândula que de formato similar a uma borboleta localizada na parte inferior do pescoço.

A tireoide é responsável pela produção de tiroxina e a triiodotironina, que são hormônios responsáveis pelo funcionamento das células, de modo a garantir o pleno funcionamento das atividades metabólicas do organismo.

A função da tireoide é regulada através de um sistema de autocontrole promovido pelo cérebro. Dessa forma, quando os níveis de hormônios da tireoide estão baixos, o cérebro produz um hormônio conhecido como liberador de tirotropina que promove a liberação do hormônio estimulador da tireoide através da glândula pituitária.

distúrbios da tireoide

Saiba mais:

Os distúrbios na tireoide no momento em que a glândula para de funcionar corretamente e começa a ser controlada de maneira inadequada pela glândula pituitária e pelo hipotálamo, localizado no cérebro. Quando isso ocorre, a tireoide pode produzir hormônios em excesso em menor quantidade, o que afeta diretamente as atividades do metabolismo.

Atualmente, são contabilizados quatro tipos principais de doenças na tireoide:

  • Hipertireoidismo, quando existe excesso de hormônio na tireoide;
  • Hipotireoidismo, quando existe uma redução no hormônio da tireoide;
  • Nódulo e Bócio benigno;
  • Câncer na tireoide.

Alguns dos principais distúrbios da tireoide são:

  • Bócio;
  • Bócio congênito;
  • Bócio nodular tóxico;
  • Câncer na tireoide;
  • Carcinoma anaplasico da tireoide;
  • Carcinoma da tireoide medular;
  • Carcinoma papilar da tireoide;
  • Hipertireoidismo;
  • Hipotireoidismo;
  • Neoplasia endócrina múltipla;
  • Tireoide silenciosa;
  • Tireoide subaguda;
  • Tireoide crônica ou autoimune.

Sintomas de distúrbios da tireoide

Com a produção exagerada de hormônios, ocorre o hipertireoidismo, que pode resultar em alguns outros sintomas, como:

  • Perda de peso;
  • Aumento do apetite;
  • Aumento da frequência cardíaca;
  • Aumento da pressão arterial;
  • Transpiração excessiva;
  • Fraqueza muscular;
  • Aumento de bócio;
  • Alterações na fertilidade e ciclos menstruais.

Nos casos de hipotireoidismo, os sintomas podem incluir:

  • Processos mentais mais lentos;
  • Depressão;
  • Frequência cardíaca reduzida;
  • Aumento da sensibilidade ao frio;
  • Dormência nas mãos;
  • Desenvolvimento do bócio;
  • Prisão de ventre;
  • Alteração da fertilidade e ciclos menstruais;
  • Ressecamento da pele e cabelos.
  • Unhas quebradiças.

Na tireoide subaguda, os sintomas incluem:

  • Leve dor na tireoide;
  • Tireoide sensível ao toque;
  • Dor ou desconforto ao engolir ou movimentar a cabeça;
  • Apresentação dos sintomas após infecção viral.

Em casos de nódulos benignos ou malignos (câncer), os sintomas pode ser:

  • Deformidades na região cervical, principalmente na região da tireoide;
  • Alteração da movimentação da glândula durante a deglutição;
  • Sinais e sintomas de hipertireoidismo ou hipotireoidismo repentinos;

Por se tratar de uma doença silenciosa, é de suma importância buscar ajuda médica assim que perceber alguma anomalia no organismo ou na região da tireoide.

Exames

Alguns exames são necessários para se obter resultados mais conclusivos acerca do estado do paciente. Alguns desses exames são:

  • Exames sanguíneos para medir a quantidade de hormônio da tireoide no organismo;
  • Cintilografia de tireoide;
  • Biópsia e punção aspirativa por agulha;
  • Exames de imagem para verificar o tamanho de nódulos na tireoide.

Tratamento de distúrbios da tireoide

O tratamento do distúrbio na tireoide vai depender do tipo de disfunção apresentado. Assim, nos casos mais simples de distúrbio o acompanhamento médico é suficiente, porém, em casos mais severos pode ser necessário a medicação, iodoterapia ou até cirurgia.

Deixe uma resposta