8 erros frequentes ao fazer uma lavagem nasal à criança

As lavagens nasais com soro são muito úteis se aplicadas corretamente, mas podem chegar a ser irritantes, ineficazes e, ocasionalmente, lesivos. Abaixo detalhamos os erros mais comuns que cometemos ao fazer uma lavagem nasal com a criança.

Lavagem nasal à criança: erros comuns

1 – Fazer lavagens nasais quando não há congestão nasal. As crianças mais velhas vão reclamar se eles estão “muito presos”. Se não estão, o que vamos fazer-lhe uma lavagem nasal? Do mesmo modo, as crianças menores só devem ser submetidos a uma lavagem nasal se têm grande desconforto, de preferência, antes da tomada, para que possam comer sem dificuldades.

2 – As lavagens nasais não têm uma finalidade preventiva. Há pais que fazem lavagens nasais seus filhos porque pensam que assim não vão acatarrar. Isso não é verdade.

3 – Dar várias gotas de soro no nariz não serve para nada. As lavagens nasais são executados, lançando um bom jato de soro, ou fazendo uma ou várias doses de soro de leite pulverizado, e não só com duas ou três gotas.

4 – Se o menino lhe gera desconforto, é melhor deixá-lo. As crianças maiores têm outras estratégias para o filho de muco (por exemplo: soprar vigorosamente,uma boa hidratação, etc). Por isso, se cada vez que você lava o nariz para o seu filho, isto é, supõe uma autêntica dor de cabeça, é melhor do que recorrer a outras estratégias.

5 – Fazer lavagens nasais freqüentes em crianças com hemorragias nasais de repetição. Se o seu filho sangra com facilidade, é melhor que não o faça lavagens nasais, pois vai ser pior o remédio que a doença.

6 – Fazer lavagens nasais em crianças com problemas de coagulação. Tais problemas vão facilitar que a criança sangue pelo nariz, por isso é melhor evitar as lavagens nasais. Se têm que fazer, o melhor é ter a cautela.

7 – Combinar as lavagens nasais com aspiração de muco em bebês menores de 6 meses. Os bebés muito pequenos têm uma trompa de Eustáquio muito curta, de tal modo que a aspiração de ranho, há um efeito de tracção para o tímpano, que por sua vez deriva, irritabilidade, dor de ouvidos.

8 – Fazer lavagens nasais com um bebê, quando o bebê sentado. O melhor é que esteja deitado, pois assim facilita a fixação da cabeça. Uma cabeça bem sujeita impede que a criança vire bruscamente a mesma , pelo que podemos prejudicá-lo em suas narinas. Além disso, evitará a possível aspiração do soro.

Related Posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *