10 alimentos proibidos para os bebês antes dos 2 anos

O delicado estômago de um bebê não admite qualquer alimento. O processo de maturação do que precisa o sistema digestivo, faz com que o bebê não está preparado para digerir certos alimentos durante os primeiros meses de vida, quando, além disso, apenas o leite materno é suficiente para cobrir as suas necessidades alimentares.

No entanto, a partir dos 6 meses, o bebê precisa de outros nutrientes e os pediatras dão-nos os pais, as tabelas ou recomendações sobre como, quando e em que ordem introduzir alimentos na dieta do bebê.

Alimentos recomendados para o bebê menor de 2 anos

Algumas pesquisas mostram que um percentual elevado de crianças menores de 2 anos, já bebem sumos ou refrigerantes, levam doces ou bolos. Em qualquer caso, não são necessárias pesquisas, de certeza que já viu mais de uma vez a um bebê com menos de 24 meses, com um saco de doces, biscoitos industriais ou sucos. No entanto, estes são os alimentos que você nunca deve dar a seu bebê antes dos 24 meses:

– Mel: esse alimento pode estar contaminado com uma bactéria que é responsável pela transmissão do botulismo. Além disso, já que o sistema imunológico do bebê ainda está em desenvolvimento, pode sofrer de uma alergia ao pólen. Poderia até sofrer asfixia ao tomar este alimento tão sedoso.

– Bugigangas: têm um alto conteúdo de açúcar, borracha e corantes, substâncias totalmente desnecessária a estas idades. As guloseimas que só contribuem para gerar a obesidade infantil e cárie na boca dos bebês.

– Pastelaria industrial: são altas em gorduras trans, as mais prejudiciais e óleos menos saudáveis, como de palma ou de coco. Além disso, têm um elevado teor em açúcar.

– Frutos secos: são alimentos que podem provocar alergias. Nozes, amendoins ou amêndoas são alimentos altamente alergénicos. Não se deve introduzir na dieta antes dos 5 ou 6 anos.

– Refrigerantes: tem alto teor de cafeína, açúcar e aditivos químicos que podem causar danos intestinais e gástricos para os bebês. Além disso, pode causar alterações no sono do bebê.

– Salsichas: são uma das principais fontes de atragantamiento em crianças. Têm o tamanho de glote do bebê que pode ser facilmente engasgado.

– Espadarte e atum vermelho: são peixes com alto teor de mercúrio por que o bebê não deve tomá-lo até os 3 anos.

– Conservas: contêm muito sal e conservantes necessários para prolongar sua validade.

– Frios: têm grande quantidade de sal e gordura.

– Sucos industrializados: é preferível produzi-lo em casa e, assim, evitar os açúcares e outros componentes, como o néctar.

Related Posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your data is processed.